A medida correta da pressão arterial é fundamental para o diagnóstico Hipertensão Arterial

A medida correta da pressão arterial é fundamental para o diagnóstico Hipertensão Arterial
Os números são alarmantes, um em cada três adultos americanos estão com a pressão arterial elevada. É a hipertensão arterial e, muitos nem sabem que têm, justamente porque a pressão arterial elevada não causa sintomas ou sinais de alerta. Mais importante ainda, quando a pressão arterial elevada é acompanhada por níveis anormais de colesterol e açúcar no sangue, acelera exponencialmente os danos as artérias, rins e coração. 

Felizmente, a pressão arterial elevada é fácil de detectar e tratar. Às vezes as pessoas podem manter a pressão arterial em um intervalo saudável simplesmente fazendo mudanças de estilo de vida, como perder peso, aumentar a atividade e comer de forma mais saudável.

Você sabia que mesmo que sua pressão arterial seja normal aos 55 anos, você ainda tem uma chance de 90% de desenvolver pressão alta ao longo da vida? A realidade é que, independentemente da idade, a pressão alta aumenta o risco de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral e mesmo demência.

O controle da pressão arterial pode prevenir o acúmulo de placas nas artérias, diminuir em 10 vezes a chance de ter um acidente vascular cerebral e reduzir o risco de doença de Alzheimer em até 59%.

Diretrizes nacionais e internacionais oferecem instruções específicas para medir a pressão arterial. Recomendando que sejam feitas medidas periódicas por um profissional da saúde, a cada vez, pelo menos duas medidas, com uma breve pausa no meio. Se as leituras forem diferentes por 5 pontos ou mais, deve ser repetida. O diagnóstico de hipertensão é feito pelo médico e, alguns fatores podem modificar as medidas em 10% ou mais. Isso poderia ser suficiente para esconder a pressão arterial elevada, iniciar tratamento que talvez ainda não seja necessário ou mesmo levar o seu médico a ajustar seus medicamentos.


Sugere-se o seguinte preparo para fazer para assegurar uma leitura correta da pressão arterial:

  • Não beber bebida com cafeína ou fumar durante os 30 minutos antes do teste.
  • Sentar-se por cinco minutos antes do teste começar as medidas.
  • Durante a medição, sentar-se em uma cadeira com os pés no chão e seu braço apoiado para que seu cotovelo está em torno do nível do coração.
  • A parte inflável do manguito deve cobrir completamente pelo menos 80% do seu braço, e o manguito deve ser colocado preferentemente sobre a pele.
  • Não falar durante a medição.


A pressão arterial varia ao longo do dia, seu médico raramente irá diagnosticar hipertensão com base em uma única leitura. Em vez disso, ele ou ela vai querer confirmar as medições em pelo menos duas ocasiões, geralmente dentro de algumas semanas um do outro. A exceção a esta regra é se você tiver uma pressão arterial de 180/110 mm Hg ou superior, resultado que geralmente requer tratamento imediato.

Também, é uma boa ideia é medir a pressão arterial medida em ambos os braços pelo menos uma vez, uma vez que a leitura em um braço (geralmente o direito) pode ser maior do que no outro. Um estudo de 2014 no American Journal of Medicine de cerca de 3.400 pessoas encontrou média de braço a braço diferenças na pressão arterial sistólica de cerca de 5 pontos. O número mais elevado deve ser usado para tomar decisões de tratamento.

Em geral, as pressões sanguíneas entre 160/100 mm Hg e 179/109 mm Hg devem ser novamente verificadas dentro de duas semanas, enquanto as medições entre 140/90 e 159/99 devem ser repetidas dentro de quatro semanas. As pessoas na categoria de pré-hipertensão (entre 120/80 e 139/89 mm Hg) devem ser revistas dentro de quatro a seis meses, e aquelas com uma leitura normal (menos de 120/80 mm Hg) devem ser verificadas anualmente. No entanto, o seu médico pode agendar uma visita de seguimento mais cedo se as suas medições prévias de pressão arterial foram consideravelmente mais baixas; Se houver sinais de danos ao coração, ao cérebro, aos rins e aos olhos; Ou se você tiver outros fatores de risco cardiovasculares. 
Fonte: https://www.health.harvard.edu/promotions/harvard-health-publications/hypertension

Gostou? Então compartilhe:

Exames Relacionados

Veja os exames relacionados a esta matéria

Eletrocardiograma

Eletrocardiograma

Exame destinado a registrar a atividade elétrica responsável pelos batimentos do coração. É indolor.

Veja mais
Ergometria

Ergometria

São algumas das diferentes formas de chamar o exame de esforço. Na Cardiométodo pode ser realizado tanto na esteira rolante como na bicicleta ergométrica

Veja mais
Holter

Holter

Registro do eletrocardiograma por 24 horas consecutivas. A Cardiométodo possibilita agendamento rápido e agilidade no resultado

Veja mais

POSTAGENS RELACIONADAS

Veja mais novidades sobre este assunto

Os denominados `Suplementos dietéticos` e os riscos de dano para a saúde

Os denominados `Suplementos dietéticos` e os riscos de dano para a saúde

Se você está pretendendo neste ano de 2014 ganhar massa muscular e perder gorduras procure fazê-lo a maneira antiga, com uma dieta saudável e exerc...

Leia mais
Dica de saúde: exercícios com pesos

Dica de saúde: exercícios com pesos

O treinamento de força e resistência com pesos é muito importante, aumenta a força dos músculos, ajuda a prevenir osteoporose e melhora a saúde em...

Leia mais
A Redução da Capacidade Física e o Uso de Estatinas

A Redução da Capacidade Física e o Uso de Estatinas

Tomar medicamentos para baixar o colesterol parece tornar o exercício mais difícil e menos benéfico, sugere um novo estudo em ratos. Os ratos não s...

Leia mais